Cambionet

Cambionet

WhatsApp

Central de Vendas

4000-1239

Conheça curiosidades sobre sete moedas pelo mundo

Para quem gosta de viajar pelo mundo, uma das grandes preocupações é saber qual moeda é aceita no país de destino.

Mesmo sabendo que há algumas unidades monetárias que são aceitas em diversos territórios internacionais, como é o caso do dólar americano, cada localidade tem suas próprias características em relação ao dinheiro.

Reunimos abaixo curiosidades sobre algumas moedas pelo mundo:

Dólar americano

Não é novidade que o dólar americano é a moeda mais valiosa do mundo, e a nota de 1 dólar estampa a imagem do ex-presidente George Washington, e é a mais comum e manuseada de todo o globo. Além dos Estados Unidos, a moeda “dólar americano” é a usada oficialmente também em outros países, como Equador, Panamá e El Salvador.

O dólar é uma “moeda de referência monetária mundial”, aceita em quase todos os países do mundo para câmbio, com a moeda local, e também é muito utilizada como fundo de reserva.

Mas dando uma volta no tempo, nem sempre essa moeda foi valorizada. No início, os outros países não confiavam nos Estados Unidos, afinal eles eram devedores. Quando o dólar surgiu, ele era emitido por diversos bancos e assim não existia um controle do governo sobre a moeda.

Foi após a Segunda Guerra Mundial que começou sua popularidade internacionalmente, isso porque no final da guerra os EUA foi um financiador de outros países para que estes pudessem se recuperar. 

Por muito tempo, as variações das cotações do dólar estavam ligadas ao ouro. Até o início de 1970, o valor da grama de ouro era determinado como um valor fixo em dólares. O dólar tornou-se a moeda oficial dos Estados Unidos só em 1776, quando substituiu a libra.

Hoje em dia, existem notas de 1, 2, 5, 10, 20 50 e 100 dólares circulando pelo mundo. Cédulas de 500, 1.000, 5.000, 10.000 e até 100.000 já foram impressas, mas foram proibidas pelo presidente Richard Nixon em 1969 para coibir seu uso pelo crime organizado. Já as moedas em circulação nos Estados Unidos são de 1 cent, 5 cents, 10 cents, 25 cents, 50 cents e 1 dólar.

Euro

A história do euro começa em 1992, com o Tratado de Maastricht. O euro se concretizou como moeda única na Comunidade Econômica Europeia e foi adotado em 1995, mas só passou a ser introduzido no mercado financeiro mundial no ano de 1999. É a moeda oficial de 19 dos 28 países europeus que formam a chamada “Zona do Euro”, além de ser a segunda moeda que mais circula ao redor do mundo, ficando atrás apenas do Dólar Americano. Ela carrega o símbolo €, que significa “épsilon”, vindo do alfabeto grego. O Banco Central Europeu (BCE) é responsável pela supervisão da política monetária da moeda e está localizado em Frankfurt, na Alemanha.

Há sete denominações de notas: 5 euros, 10 euros, 20 euros, 50 euros, 100 euros, 200 euros e 500 euros. Quanto ao formato das notas, elas aumentam de tamanho a partir do 10 e vão até a nota de 50.

Libra

A Libra Esterlina, moeda que pertence ao Reino Unido e territórios britânicos, é uma das moedas mais antigas em circulação no mundo. A palavra “libra” tem origem no termo latino “libra pondo”, que significa “libra de peso”.

Há duas notas que não circulam ao redor do mundo, nem mesmo com a população britânica, mas existem e são utilizadas para transações bancárias. Essas notas são chamadas de “Giant” e “Titan” e valem respectivamente 1 milhão e 100 milhões de libras.

Uma curiosidade sobre a moeda é que o material utilizado para a produção foi alterado para um tipo de plástico mais durável (polímero), com maior durabilidade e que dificulta as falsificações. 

Um aspecto importante da libra é o fato de ser emitida por mais de um banco, uma vez que o padrão é único, ou seja, os bancos da Inglaterra e da Escócia operam em coordenação, embora o comando e controle da política monetária sejam definidos somente pelo banco da Inglaterra.

Até 1971, a libra era dividida em 240 partes iguais. Portanto, na época, uma libra valia 20 shillings e cada shillings (ou xilens) equivalia a 12 pence (penny, no singular). Somente após essa data, já no reinado de Elizabeth II, a moeda oficial do Reino Unido aderiu ao sistema decimal e passou a dividir a libra em 100 pence.

Franco suíço

O franco suíço surgiu em 1850 com o intuito principal de unificar a grande diversidade de moedas que circulavam no país. O Banco Central da Suíça tem direito exclusivo de prensar e emitir sua moeda. Além disso, o banco funciona de forma independente, o que ajuda a proteger a moeda de influências políticas e manter sua autonomia e segurança econômica nacional.

A Suíça é um dos poucos países que não adere ao euro como sua moeda. Este movimento é um dos responsáveis pela força e estabilidade e prosperidade da moeda, e se destaca pelo excelente resultado do produto interno bruto (PIB) por habitantes. As cédulas em circulação são de 10, 20, 50, 100, 200, 500 e 1.000 Francos Suíços, porém as duas últimas têm pouca circulação. No entanto, são emitidas pelo Banco Nacional da Suíça (SNB).

Peso uruguaio

O peso uruguaio é a moeda oficial do Uruguai e entrou no mercado em 1993. É a 3ª moeda criada pelo Uruguai que sucede o “Nuevo Peso” e foi implantada com o objetivo de acabar com a Inflação uruguaia e melhorar os resultados da economia.

Diferentemente de alguns países, o Uruguai não imprime dinheiro no seu próprio país. Essas operações ocorrem em outras casas da moeda e impressoras na Grã-Bretanha e até mesmo nos Estados Unidos.

Em 2011, foi colocada uma nova série de moedas com animais nativos da região em circulação.

As notas em circulação no Uruguai vão de $20 pesos uruguaios até a mais elevada, de $2.000. Já as moedas começam a partir de $1 peso até $10 pesos uruguaios.

Novo sol peruano

O novo sol peruano é a moeda oficial do Peru, que entrou em circulação em 1991 para substituir o altamente inflacionado Inti.

O nome deriva, da divindade solar, como símbolo de poder,  pois esse era o nome do deus do Sol dos Incas. Todas as moedas peruanas têm o escudo do Peru em um dos lados e o número da denominação no outro, acompanhados de diferentes motivos de destaque em algum lugar turístico do país.

As notas em circulação são apenas de quatro valores distintos, dentre elas: 10, 20, 50, 100, e 200 novos sóis.

Dólar australiano

A moeda australiana é bastante utilizada ao redor do mundo e é conhecida por seu design diferenciado, colorido e bem divertido. Embora o dólar australiano tenha sido introduzido só na década de 1960, o país já possuía sua própria moeda, a libra australiana, porém a mudança de moeda foi realizada por questões econômicas.

Atualmente, o Dólar Australiano é dividido em 100 centavos e tem cinco notas e seis moedas, divididas da seguinte forma: 5 centavos, 10 centavos, 20 centavos, 50 centavos, 1 dólar, 2 dolares, 5 dólares, 10 dólares, 20 dólares, 50 dólares e 100 dólares.

O dólar australiano é uma das moedas mais circuladas pelo mundo em função de sua excelente estabilidade.

Gostou desse conteúdo sobre as moedas de vários países? Então você também vai gostar de saber o que é dólar paralelo e o que provoca a queda ou alta do dólar em relação ao real.

Quer saber informações sobre moeda e as principais cotações? Entre em contato com a nossa equipe pelo nosso WhatsApp ou pelo telefone.Você também pode baixar nosso APP para facilitar a contratação dos nossos serviços de câmbio.